Guaraqueçaba

Mirante da Serra Negra

Localizado na Rodovia PR–405 de ligação entre Antonina e Guaraqueçaba, distando 74 km da primeira cidade. A estrada teve sua construção iniciada no início da década de 50, e seria um trecho da futura BR-101, que por outros motivos acabou não sendo concretizada.
Os registros históricos documentam que a região da Serra Negra (entre PR e SP) foi a primeira região do Brasil onde foram encontradas lavras de Ouro, entre 1638 e 1654, mas não geraram grandiosas riquezas.
O mirante esta a aproximadamente 30 m de altura, o que permite a visualização da bonita paisagem da Baía de Guaraqueçaba e de todo o seu entorno.
Hoje o mirante é um monumento abandonado e marcou a inauguração da estrada PR-405 em 1970, que ligou definitivamente Antonina a Guaraqueçaba, antes, só podia se chegar de barco. Fica no alto de uma montanha de onde é possível avistar claramente a baía de Guaraqueçaba, a sede da cidade e as fazendas da região, além de toda a beleza das matas e montanhas.
Após vencer a escadaria de 127 degraus até o seu topo, o turista é recompensado pela vista de toda a baia de Guaraqueçaba, com todos os seus contornos.

  • Vista do Mirante da Serra Negra na Rodovia PR–405 de ligação entre Antonina e Guaraqueçaba
  • Vista do Mirante da Serra Negra na Rodovia PR–405 de ligação entre Antonina e Guaraqueçaba
  • Vista do Mirante da Serra Negra na Rodovia PR–405 de ligação entre Antonina e Guaraqueçaba
  • Vista do Mirante da Serra Negra na Rodovia PR–405 de ligação entre Antonina e Guaraqueçaba
  • Vista do Mirante da Serra Negra na Rodovia PR–405 de ligação entre Antonina e Guaraqueçaba
  • Vista do Mirante da Serra Negra na Rodovia PR–405 de ligação entre Antonina e Guaraqueçaba
  • Vista do Mirante da Serra Negra na Rodovia PR–405 de ligação entre Antonina e Guaraqueçaba
  • Vista do Mirante da Serra Negra na Rodovia PR–405 de ligação entre Antonina e Guaraqueçaba
  • Vista do Mirante da Serra Negra na Rodovia PR–405 de ligação entre Antonina e Guaraqueçaba